O que observar antes de comprar um imóvel pronto para morar

  • 3 semanas atrás
  • 1
O que observar antes de comprar um imóvel pronto para morar

Comprar um imóvel pronto para morar é um momento de felicidade e realização de um sonho. Além disso, pode ser uma grande oportunidade para realizar investimentos imobiliários, garantindo maior segurança para o seu patrimônio financeiro.

No entanto, é muito importante ficar atento a alguns pontos para garantir que você esteja fazendo a melhor aquisição e também negociando os melhores valores do seu apartamento novo.

Por isso, separamos o que é fundamental de observar antes de comprar um imóvel pronto para morar. Confira!

O que observar antes de comprar um imóvel pronto para morar

Localização – Antes mesmo de comprar o imóvel pronto para morar, você deve observar muito bem a localização do empreendimento. Este é um dos itens mais relevantes, seja para quem deseja tranquilidade em sua nova residência ou para quem pretende realizar investimentos imobiliários.

A localização do imóvel é importante para você saber se existe nas proximidades acessos, comércio, conveniências ou se é próximo a praia. Além disso, buscar informações a respeito da vizinhança é importante para saber mais sobre a segurança da região.

Uma localização privilegiada também afeta diretamente na liquidez na hora da venda de um imóvel, garantindo maior valorização da propriedade.

Área do Imóvel – Peça sempre a planta do imóvel pronto para morar antes de fechar o negócio. Assim você pode entender melhor se ele oferece ou não o conforto desejado. Existem questões importantes nesse sentido, como a distribuição da planta, a quantidade e o tamanho dos cômodos, além das dimensões do espaço de convivência (salas).

Além disso, é importante fazer o cálculo do metro quadrado baseando-se nos imóveis da região, pois assim você tem os argumentos necessários para negociar o melhor valor para todas as partes envolvidas.

Vagas de garagem – Essa dica é muito importante, até mesmo para as pessoas que não possuem um automóvel. Para quem tem um carro, significa conforto e tranquilidade, de poder deixar o seu bem dentro de casa com segurança e sem precisar alugar um espaço extra. 

Além disso, ao receber visitas, elas podem usufruir de um espaço extra, caso o imóvel pronto para morar ofereça mais de uma vaga.

Para quem não tem carro e não quer adquirir um, é uma forma de garantir uma renda extra com a vaga ou até mesmo de valorizar ainda mais o seu apartamento em uma possível venda no futuro.

Também é importante conferir a estrutura da garagem, conferindo as rampas de acesso, o espaço de manobra, o tamanho da vaga e o seu tipo (vagas do tipo “gaveta”, “rotativa”, “numerada” pode ser um fator negativo).

Conheça o condomínio – Em um imóvel pronto para morar, também é importante você conhecer a infraestrutura e regras do condomínio. Um exemplo disto é conferir se existem áreas de lazer ou espaços de convivência comum que podem ser utilizados.

O valor do condomínio também pode variar conforme a localização privilegiada ou algumas características específicas. Em geral, a manutenção de elevadores e as áreas de lazer costumam aumentar o gasto.

Tamanho do imóvel – Com relação a infraestrutura do imóvel pronto para morar, é importante considerar diversos fatores. Um deles é o tamanho do apartamento que você está procurando e se condiz com as suas necessidades. Pontos importantes também precisam ser observados, como por exemplo se a cozinha é bem ventilada, ou se os banheiros possuem ventilação natural.

No momento da visita você consegue perceber as perspectivas reais do tamanho de cada cômodo do imóvel e se vão atender o que você precisa. Ter um quarto extra é sempre útil, mesmo que você não tenha filhos, pois este pode virar um escritório ou um espaço para lazer.

Conservação – Outro aspecto importante, principalmente para imóveis que já estão construídos, é o estado de conservação do empreendimento. Você precisa conferir, até mesmo para sua própria segurança, a estrutura do imóvel.

Além disso, verifique o estado de conservação de portas e janelas, focando em possíveis locais com cupim. Também é fundamental verificar pontos elétricos e hidráulicos, que podem apresentar problemas de funcionamento em imóveis usados. 

Uma dica interessante é abrir chuveiros, torneiras e válvulas, observando o funcionamento dos principais componentes e da tubulação.

Veja também se existem desníveis no piso ou rachaduras que podem representar problemas estruturais. 

Procure também por manchas escuras, pois estas podem evidenciar superaquecimento em disjuntores, tomadas e interruptores. No teto e nas paredes, estas marcas podem representar problemas de infiltrações.

Posição solar – Um fator muito importante a se considerar na aquisição de um imóvel é a posição solar. Determinadas posições solares oferecem maior conforto térmico e iluminação natural ao morador.

Esse fator também depende do interesse do morador, pois ele pode preferir uma incidência solar predomine na parte da manhã ou então o sol da tarde. Vale destacar que cidades litorâneas possuem maior umidade e, por isso, necessitam maior incidência da luz solar. 

Desse modo é possível evitar mofo em paredes e móveis e também diminuem as chances de doenças e alergias, e de criar um aspecto desagradável dentro do imóvel.

Mesmo assim, se o imóvel apresentar muita incidência solar, provavelmente você vai necessitar a instalação de ar-condicionado em diversos lugares, pois o calor pode ser forte em determinadas épocas, como o verão. 

Uma dica importante é visitar o imóvel em diversos horários e se certificar de que ele atende sua necessidade em termos de orientação solar.

Participe da discussão

Compare listings

Comparar